ADM de Redes

Um Blog sobre o dia a dia do Administrator de Redes e Servidores Microsoft

By

Licenciamento Máquinas Virtuais Linux em Hyper-V.

Olá Pessoal,

Há algum tempo venho colocando algumas informações sobre Licenciamento de Windows Server e System Center. E uma pergunta me foi feita diversas vezes, então resolvi fazer um post só para esclarecer o assunto.

A pergunta é: Se eu tenho um Host com Hyper-V e/ou Windows Server, quantas VMs Linux eu posso utilizar neste Host e qual Licença de Windows Server eu preciso?

A resposta é simples, na verdade. Quantas você quiser e nenhum licença! :D

Veja: O Windows Server tem a opção de Função do Hyper-V. Isso quer dizer que você pode instalar o Windows Server 2012 R2, por exemplo, e habilitar a função do Hyper-V, tornando esse Host um Host de Virtualização. Porém, como você instalou o Windows Server no Host, você precisa pelo menos licenciar os processadores deste Host (Lembre que cada licença do Windows Server cobre 2 processadores). Uma opção muito melhor é utilizar o Microsoft Hyper-V Server que pode ser baixado de graça do site da Microsoft aqui.

Do ponto de vista técnico, o Hyper-V Server tem todas as features de virtualização do Hyper-V que está no Windows Server, sendo que a única diferença é que este Sistema Operacional não tem interface gráfica, mas ele pode ser gerenciado remotamente de qualquer máquina que tenha o RSAT instaldo (Windows 8.1, inclusive).

Já do ponto de vista de licenciamento, o Hyper-V Server não dá direito de Virtualização de Máquinas Virtuais com Windows Server. Veja que a frase anterior é bem específica: VMs com Windows Server! Isso não quer dizer que você não pode instalar VMs com qualquer outro Sistema Operacional que você tenha licenciado com o fornecedor do mesmo. De fato, você pode criar até 1024 VMs por Host de Virtualização para manter o suporte técnico da Microsoft. Mas o licenciamento do Sistema Operacional, não Microsoft, é de sua responsabilidade.

A grande diferença é que se você tem uma licença de Windows Server, você consequentemente tem um número de Máquinas Virtuais Windows Server que você pode instalar. Se for Windows Server 2012 R2 Standard são 2 Máquinas Virtuais Windows Server 2012 R2 por Host. Se for Windows Server 2012 R2 Datacenter são ilimitadas Máquinas Virtuais Windows Server 2012 R2 por Host. Agora, independente disso, você pode instalar quantas Máquinas Virtuais Linux quiser em um Host Hyper-V. Se no seu caso, você não vai ter VMs com Windows Server, apenas Linux, então você não precisa da licença de Windows Server… Use o Hyper-V Server. (Vale lembrar que dependendo da distribuição Linux, você precisa licenciar com o fornecedor da distribuição)

Espero que tenham gostado da dica!
Até mais!

2 Responses to Licenciamento Máquinas Virtuais Linux em Hyper-V.

  1. Anderson Vieira says:

    Olá, Vinícius. Parabéns pelo artigo!
    Uma frase em especial me deixou em dúvida: “Já do ponto de vista de licenciamento, o Hyper-V Server não dá direito de Virtualização de Máquinas Virtuais com Windows Server”.
    Entendi que em termos práticos, o Hyper-V Server só dá o direito de virtualizar máquinas virtuais “não windows”, por assim dizer, pelo seguinte motivo: segundo o licenciamento Microsoft para ambiente virtuais, o sistema operacional deve ser justamente Windows Server com uma call de acesso e uma RDS call para cada usuário ou dispositivo.
    Me corrija se eu estiver errado.
    Abraço!

    • vrapolinario says:

      Olá Anderson,

      Ficou um pouco confuso seu comentário pois vc acabou misturando um pouco, mas vamos lá: O Hyper-V Server, diferente do Windows Server, não tem direitos de Virtualização de VMs com “Windows Server”. Para licenciar uma VM Windows Server em um Hyper-V Server, você vai precisar de uma licença Standard ou Datacenter do Windows Server, mas você pode rodar qualquer coisa nele. CAL e CAL de RDS são outra coisa que você deve licenciar quando você tem um Windows (cliente) acessando qualquer Windows Server, independente de se é Virtual ou não. A mesma coisa para CAL de RDS no caso de servidor de RDS virtual ou não. Na prática, se eu tenho um Hyper-V Server rodando VMs Linux, não preciso de licença nenhum (Do ponto de vista Microsoft). Se tenho um Hyper-V Server rodando Windows Server, vou precisar da licença de Windows Server.

      Abraços!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>