Relatos de alguns dias usando o Surface Pro 3…

… e a experiência é ótima!

Olá Pessoal,

Se você já viu alguma apresentação minha, provavelmente, você já viu a máquina que trabalho no dia a dia. Trata-se de um Sony Vaio Duo 11. Um pouco depois de ganhar esse brinquedo da minha esposa, o Rafael Bernardes e eu fizemos um vídeo mostrando a máquina:

E agora eu estou com um Surface Pro 3. Mais precisamente, o meu é o Surface Pro 3 com processador i5 e 128GB de disco.

Bom, as especificações de hardware são diferentes, mas no final eu não utilizava muita coisa do hardware do Sony Vaio e o Surface com essa configuração me atende sem nenhum problema.

Existem alguns pontos importantes para quem tinha uma máquina como o Sony Vaio Duo 11. O primeiro é que o teclado desta máquina era ABNT2. Parece besteira, mas quando você conecta um teclado externo que você comprou no Brasil e também é ABNT2, não tem que fazer configuração nenhuma. Já o Surface não é vendido no Brasil e o teclado é o modelo United States English International. Quando você conecta um teclado externo, você tem que ter duas configurações de teclado. Basicamente, uma tecla, mas faz diferença.

Outra coisa é que o Sony Vaio Duo 11 tinha 1 porta VGA, 1 porta HDMI e uma porta de Rede física. Com isso, eu que faço muitas apresentações não precisava me preocupar com adaptadores de rede ou de vídeo. Já o Surface tem apenas wifi e uma porta Mini-Display Port. Com isso tenho que andar com um adaptador para VGA e vou ter que comprar um para HDMI. De novo, detalhe. Mas eu não tinha esse tipo de preocupação. Agora, algumas coisas realmente não tem o que falar.

A primeira é com relação ao teclado Type Cover que para o Surface 3 é com Backlight. Animal. Com relação à teclado não preciso mais de um teclado externo. Esse teclado, além de fino e servir como capa para o Surface é muito confortável.

A tela de 12″ é outra coisa animal. A versão 1 e 2 do Surface tinham uma tela de 10.6″. Com a tela de 12″ ele continua pequeno e leve, mas a tela ficou muito mais funcional. Eu tenho um monitor adicional no escritório da empresa, mas acabo usando a tela do Surface como tela principal pois ela é excelente!

A caneta é de tirar do sério de tão legal. Além de extremamente precisa, a interação com o OneNote é fantástica. Se você apertar o botão uma vez, o OneNote abre e você começa a escrever na hora! Se você apertar 2 veszes, ele abre a tela de captura e joga para o OneNote. Animal!

O KickStand é perfeito! Independente de onde você estiver, você consegue ter um bom angulo para ver a tela. No Surface 1 era apenas uma posição. No Surface 2, duas posições. No 3, você tem várias opções para colocar o angulo da tela, e isso facilita muito para quem usa o tablete no colo para escrever com o teclado.

Enfim, como falei o Surface não é vendido no Brasil. Mas estou muito contente de utilizá-lo. Se você tiver a chance de ir para o EUA (Ou algum mercado que tenha o Surface) recomendo fortemente que você faça o investimento. Acho que não vai se arrepender!

Até mais!