ADM de Redes

Um Blog sobre o dia a dia do Administrator de Redes e Servidores Microsoft

By

Movendo Máquinas Virtuais VMware para Hyper-V e/ou Azure com MVMC!

Olá Pessoal,

Queria compartilhar com vocês um vídeo que o pessoal da Microsoft Corp fez sobre migração de Máquinas Virtuais VMware para Hyper-V e/ou Azure. Vale a pena conferir…

Até mais!

By

Exemplo de Nuvem Híbrida – Monitorando Azure SQL com System Center Operations Manager 2012.

Olá Pessoal,

Um assunto que chama muito a atenção é quando falamos de Nuvem Híbrida. São várias a opções para se chegar a uma solução de Nuvem Híbrida. Hoje, queria destacar um cenário que pode ser bastante interessante.

Um dos serviços do Azure é o Azure SQL. Não vou nem ousar falar de SQL aqui, mas há uma explicação muito legal no próprio site do Windows Azure aqui que você pode conferir para entender as possibilidades com Azure SQL.

Um ponto que é importante nisso é: Se este é um Banco de Dados importante, gerencia-lo é essencial. Para isso, por que não fazer uso da solução de gerenciamento que você já tem no seu ambiente? Sim, estou falando de System Center 2012, mais especificamente o Operations Manager.

Há disponível para download um Management Pack do SCOM 2012 específico para monitorar o Azure SQL. Vale lembrar que, nativamente, o SCOM já gerencia o ambiente de PaaS do Azure. Se você quiser baixar o Management Pack, baixe aqui.

A documentação do Management Pack é bem completa e com ela você poderá configurar o gerenciamento facilmente. Após configurado, o SCOM levará um tempo para descobrir e sincronizar as configurações de servidores e bancos do Azure SQL. Após isso, você verá informações de disponibilidade, tanto de servidor como banco, além de informações de performance. Veja alguns exemplos:


Disponibilidade dos Bancos SQL gerenciados.


Diagrama dos Servidores e Bancos SQL gerenciados.


Informações de performance de rede dos Databases gerenciados.

Uma coisa importante é pensar o seguinte: Essas informações também estão disponíveis na Interface de Gerenciamento do Azure. A questão é que uma vez que você tem essas informações dentro do System Center, você pode trabalhar isso melhor. Imagine a seguinte situação: O Banco de dados Azure SQL está perto do limite de armazenamento e isto vira um alerta no Operations Manager que cria um Incidente do Service Manager que por sua vez chama um Runbook no Orchestrator para corrigir o problema.

Esse é apenas um exemplo deste tipo de integração de Nuvem Híbrida. Se você tem outro cenário, fique a vontade para colocar nos comentários e quem sabe podemos fazer um post sobre o assunto.

Espero que tenham gostado da dica!
Até mais!

By

Acompanhe o lançamento do Windows Server 2012 no Brasil!

Olá pessoal,

Mensagem de última hora! Acompanhe o lançamento do Windows Server 2012 no Brasil pelo link de transmissão:
http://lancamentows2012.cloudapp.net/

Até mais!

By

Windows Server 2012 Virtual Labs

Olá Pessoal,

Se você quer testar o Windows Server 2012, conhecer as novidades, mas não tem onde instalar, seus problemas acabaram! Já está disponível o Virtual Lab de Windows Server 2012.

Com o Virtual Lab, você é guiado a um laboratório para fazer exercícios e ver como utilizar o produto. Para o Windows Server 2012, temos diversos Labs:

- Active Directory Deployment and Management Enhancements
- Configuring a Highly Available iSCSI Target
- Configuring Hyper-V over Highly Available SMB Storage
- Implementing Storage Pools and Storage Spaces
- Introduction to Windows PowerShell Fundamentals
- What’s New in Windows PowerShell 3.0
- Managing Branch Offices
- Managing Network Infrastructure
- Managing Your Network Infrastructure with IP Address Management
- Managing Windows Server 2012 with Server Manager and Windows PowerShell 3.0
- Online Backup Service
- Using Dynamic Access Control to Automatically and Centrally Secure Data

Para acessar o Virtual Lab: http://technet.microsoft.com/en-us/windowsserver/hh968267.aspx

Até mais!

By

Hyper-V é gratuíto, o que isso significa? (Já com infos do WS2012 RC)

Olá Pessoal,

A idiea deste post, é esclarecer um pouco a questão sobre o Hyper-V e o que significa dizer que ele é gratuíto. Durante o ITCamp que eu e o Fabio Hara entregamos em todo o Brasil nos últimos meses, nós falamos bastante sobre virtualização, e ficamos impressionados com a quantidade de pessoas que conheciam o Hyper-V, mas que não conheciam seus limites, opções de instalação e como nós nos comparamos aos competidores. Na verdade, algumas pessoas ficam impressionadas quando falamos que o Hyper-V é gratuíto e algumas até pensam “Se é gratuíto, não deve ser bom”. Vamos lá…

A primeira coisa a se explicar é a diferença entre Windows Server 2008 R2 e Microsoft Hyper-V Server 2008 R2. O Windows Server 2008 R2 é o Sistema Operacional da Microsoft que é comercializado hoje. Com ele você tem diversas funções de servidores como Active Directory, IIS (Web Server), RDS (Remote Desktop Services) e muitos outros, como o próprio Hyper-V. Temos também diversas Features como NLB (Network Load Balance), Failover Cluster e muitos outros. O Hyper-V, neste caso, é uma das possíveis funções que o Windows Server 2008 R2 pode desempenhar.

O Hyper-V está disponível em praticamente todas as edições, sendo as principais: Standard, Enterprise e Datacenter. Porém, há também uma edição chamada Microsoft Hyper-V Server 2008 R2. Esta versão nada mais é do que o Windows Server em modo Server Core (Não possui interface gráfica) e apenas com a função de Hyper-V (Já vem habilitada) e Failover Clustering. A ideia de ter um SO com essas configurações é simples:

- Menor superfície de ataque pois não possui interface gráfica. Isso impacta também no desempenho que acaba sendo melhor nesta configuração, mesmo para o Windows Server 2008 R2.

- Menor número de atualizações, pois como não há outras funções, não é preciso atualizar nada além do que o SO possui. Na verdade, quando olhamos para o número de atualizações, percebemos que o número é extremamente baixo.

Um dos pontos importantes que sempre destacamos no Hyper-V é com relação aos limites do mesmo. Abaixo, uma tabela com as informações de limites do Hyper-V no Windows Server 2008 R2. Veja que os limites para o Hyper-V Server e Windows Server são os mesmos. Aproveitei e já coloquei as informações do Windows Server 2012, que estarão no Hyper-V Server 2012.

Sistema

Recurso

Windows Server 2008 R2

Windows Server 2012

Host

Processadores Lógicos

64

320

Memória Física

1TB

4TB

vCPUs por Host

512

2048

Host NUMA

SIM

SIM

VM

vCPUs por VM

4

64

Memória por VM

64GB

1TB

VMs Ativas por Host

384

1024

Guest NUMA

NÃO

SIM

Cluster

Máximo de Nós

16

64

Máximo de VMs por Cluster

1000

4000

O Hyper-V Server que pode ser baixado gratuitamente do site da Microsoft possui exatamente estes limites acima. Você pode estar se perguntando, então: Se o Hyper-V é gratuíto, por que eu iria comprar o Windows Server para virtualizar meus servidores. A resposta para isso está neste post.

Agora, quando comparamos isso com competidores é importante perceber algumas diferenças. Vou utilizar como exemplo, o limite de memória por VM do Hyper-V comparado a solução da VMWare:

Recurso Windows Server 2008 R2 Windows Server 2012 VMWare ESXi 5.0 VMWare vSphere 5.0 Enterprise Plus
Memória por VM 64GB 1TB 32GB 1TB

Esse é um bom exemplo de comparação. O Hyper-V, independente de se utilizado no Windows Server ou no Hyper-V Server tem os mesmos limites, ou seja, se você comprou o Windows Server ou não, você pode utilizar o Hyper-V e mesmo assim ter o limite total do Hypervisor. Veja que no modelo da VMWare você também tem o limite de 1 TB de memória por VM, mas isso não é possível com a versão gratuíta do produto. Para o ESXi 5.0 o limite de memória que você pode colocar para uma VM é 32GB.

Veja a comparação completa de limites entre as soluções da Microsoft e VMWare:

Sistema

Recurso

Windows Server 2008 R2

Windows Server 2012

VMWare ESX 5.0

VMWare vSphere 5.0 Enterprise Plus

Host

Processadores Lógicos

64

320

160

160

Memória Física

1TB

4TB

32GB

2TB

vCPUs por Host

512

2048

2048

2048

VM

vCPUs por VM

4

64

8

32

Memória por VM

64GB

1TB

32GB

1TB

VMs Ativas por Host

384

1024

512

512

Guest NUMA

NÃO

SIM

SIM

SIM

Cluster

Máximo de Nós

16

64

N/A

32

Máximo de VMs por Cluster

1000

4000

N/A

3000

Isso também acontece com diversos recursos do Hypervisor. Um exemplo importante é a migração de VMs sem downtime. Essa tecnologia é conhecida no Hyper-V como Live Migration. Na VMWare é conhecida como vMotion. O detalhe é que o vMotion não está disponível se você utiliza apenas ESXi. No Hyper-V, Live Migration está disponível até na versão Hyper-V Server.

A mensagem final deste post é: O Hyper-V possui características muito interessantes, é gratuíto, e mesmo assim é um produto extremamente robusto. Recomendo fortemente que você teste o Hyper-V e tire suas próprias conclusões.

Para conhecer a versão 2008 R2 do Hyper-V: Microsoft Hyper-V Server 2008 R2 SP1

Para conhecer o Release Candidate do Windows Server 2012: Windows Server 2012 RC Datacenter

Para conhecer as novidades do Windows Server 2012 Release Candidate: Documentação

Até mais!

By

Evento de Lançamento – System Center 2012

clip_image001[12]

clip_image002[10]

clip_image003[8]

clip_image004[8]

Gostaríamos de convidar você e seu time técnico para se juntar a nós para:

Entender como a Microsoft está entregando soluções de última geração em gerenciamento de datacenters, estações de trabalho, dispositivos móveis, governança e soluções de nuvem agora e no futuro;

Ter um profundo conhecimento sobre o que é e como implementar uma solução de Nuvem Privada Microsoft – e como você pode tirar proveito disto imediatamente;

Use as mais recentes soluções de gerenciamento Microsoft, incluindo Windows Server® e o novo Microsoft System Center® 2012 para endereçar pontos como consumerização de TI, governança, orquestração e gestão de datacenters, desktops e dispositivos móveis.


TÓPICOS

Computação em nuvem nos seus termos;

Gerenciando uma infraestrutura do desktop e dispositivos móveis até uma nuvem privada;

Melhoria na prestação de serviços através da automação;

Gestão/Monitoramento de Aplicações de negócio de modo fim-a-fim;

Consumerização de TI;

Gerenciamento integrado de ponta-a-ponta.

Veja o que o futuro reserva para você, agora. Participe!

clip_image005[8]

clip_image006[8]

 

clip_image007[8]

clip_image008[8]

 

By

Symon Perriman tem uma mensagem para você!!!

Olá Pessoal,

Vejam que legal, a mensagem do Symon Perriman:
(Clique na imagem para ver o vídeo)

image

Espero que gostem da mensagem, e espero vocês nos ITCamps!
Até mais!

By

Novidades sobre o Windows Server 2012

Olá Pessoal,

As últimas semanas foram de diversas notícias sobre os produtos da Microsoft. Com certeza este ano será mais do que especial. Além do anúncio do System Center 2012 que agora está disponível, tivemos o anúncio do nome oficial da linha Windows. O Windows cliente terá o nome de Windows 8 e o servidor terá o nome de Windows Server 2012.

Mas o mais legal é a notícia que foi veiculada no “Windows Developers Day” em Tokio no Japão. Lá foi anunciado que o Release Preview estará disponível na primeira semana de Junho. Mais legal ainda? Sim… Os produtos serão lençados ainda este ano!!! Smiley de boca aberta

Para saber mais, recomendo visitarem o Blog do time de Windows Server.

É isso pessoal! Agpra é esperar!!!
Até mais!

By

Semana de Webcast de Office 365

Olá Pessoal,

Essa semana começa uma série de webcasts realizados por alguns MVPs e MTACs. A série é sobre Office 365 e seus produtos. As sessões iniciam hoje e vão até 27/04. As sessão estão divididas abaixo e com link de inscrição… Aliás, muito legal o banner de divulgação!

23/04/2012 a partir das 20h00 – Overview de Office 365
https://msevents.microsoft.com/CUI/EventDetail.aspx?EventID=1032511718&Culture=pt-BR

24/04/2012 a partir das 20h00 – Exchange Online
https://msevents.microsoft.com/CUI/EventDetail.aspx?EventID=1032511721&Culture=pt-BR

25/04/2012 a partir das 20h00 – SharePoint Online
https://msevents.microsoft.com/CUI/EventDetail.aspx?EventID=1032511723&Culture=pt-BR

26/04/2012 a partir das 20h00 – Lync Online
https://msevents.microsoft.com/CUI/EventDetail.aspx?EventID=1032511725&Culture=pt-BR

27/04/2012 a partir das 20h00 – Office Professional Plus + Office Web Apps
https://msevents.microsoft.com/CUI/EventDetail.aspx?EventID=1032511727&Culture=pt-BR

Não percam a oportunidade de conhecer melhor os produtos e a plataforma!
Até mais!

By

ITCamps com Symon Perriman no Brasil! Não perca!

Olá Pessoal,

Imagino que vocês já conhecem o ITCamp, evento que está rodando o Brasil para falar de Virtualização e outros assuntos. Estes eventos estão sendo entregues por mim e pelo Fabio Hara, além de outros nomes importantes da comunidade. Mas para fecharmos o ITCamp com chave de ouro, traremos ao Brasil um nome conceituado no mundo de Virtualização e Private Cloud:

Symon Perriman é Technical Evangelist na Microsoft Corp em Redmond. Ele é, basicamente, responsável por conteúdo técnico sobre Virtualização e Private Cloud que será utilizado no mundo inteiro. Muito do conteúdo que utilizamos nos ITCamps foram feitos por ele. Eu tive a oportunidade de conhecê-lo e posso dizer que vale muito a pena participar. Acho que vocês vão gostar.

O legal é que teremos 2 datas para vocês aproveitarem!

Dia 26/05 em São Paulo na Microsoft e 02/06 no Rio de Janeiro na Lógica (Parceiro Microsoft). Se você não quer ficar de fora dessa, corra para se inscerver no site do ITCamp!

(Pessoal, mais uma vez, peço que você só se cadastre se for realmente participar. As vagas são limitadas e se você se inscrever e não for, você tirou a vaga de alguém que queria participar… Pense nisso Smiley piscando)